Escola de Verão em Ação Humanitária

É crescente o número de situações que crise e catástrofe que assolam as populações hoje em dia, sendo igualmente crescente a procura por profissionais com competências em resposta humanitária.

A Ação Humanitária não se pode focar apenas na reação às situações de crise mas também procurar desenvolver programas que possam reduzir a vulnerabilidade das populações e minimizar o impacto dessas situações. Para que tal aconteça há que ter um entendimento holístico das situações, para o que é necessário dominar diferentes áreas de conhecimento.

A Escola de Verão em Ação Humanitária no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa pretende capacitar os seus participantes com conhecimento geral sobre modalidades de ação em situações de apoio humanitário, com especial enfoque na capacidade de reflexão e identificação de técnicas e métodos que sejam aplicáveis neste âmbito. Será abordada uma visão agregadora e transversal dos desafios da ação humanitária, procurando-se o envolvimento direto e ativo dos participantes.

A Summer School irá contar com oradores internacionais de instituições europeias e organizações não governamentais, com vasta experiência sobre os vários temas em análise, além de docentes do ISCTE.

As parcerias com entidades com ligação à ação humanitária permitirão, através de visitas de estudo e estágio, observação no terreno dos aspetos alvo de análise nos diferentes módulos que compõem esta Escola de Verão.

Neste âmbito, a presente Escola de Verão destina-se aos interessados em desenvolver os conhecimentos sobre Ação Humanitária, com frequência de licenciatura ou mestrado em qualquer área de estudos, bem como a profissionais que pretendam adquirir conhecimento dos aspetos fundamentais neste domínio.

Objetivos da Escola de Verão em Ação Humanitária

A Escola de Verão em Ação Humanitária no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa pretende disponibilizar aos seus estudantes uma visão holística das várias formas de ação para preparação e resposta a contextos humanitários. No final desta Summer School em Ação Humanitária, os candidatos deverão ser capazes de abordar de modo crítico e integrado respostas em ação humanitária, bem como desenvolver as suas próprias propostas.

Tópicos incluídos

Os tópicos a explorar nesta Escola de Verão em Ação Humanitária têm uma perspetiva geral, indo desde a evolução da perspetiva do Humanitarismo, à visão do impacto das politicas internacionais nesta área, às questões da saúde pública e de direitos humanos que têm de ser assegurados em contexto humanitário, bem como à visão integrada das pessoas e populações no contexto onde se inserem, ao desenho da resposta em si e ao papel das tecnologias nessa resposta.

Métodos de Ensino-Aprendizagem

Esta Escola de Verão em Ação Humanitária inclui no seu corpo docente um conjunto de oradores internacionais, de instituições europeias e organizações não governamentais, com experiência nos tópicos que irão abordar. O processo de ensino-aprendizagem prevê o envolvimento ativo dos participantes, quer na discussão de tópicos em aula quer na abordagem de situações práticas.

Parcerias

Esta Escola de Verão em Ação Humanitária irá contar com organizações parceiras, nacionais e internacionais, que desenvolvem atividade ligada à ação humanitária, que permitirão a concretização de visitas de estudo e acolhimento dos candidatos para estágio.

Público Alvo

Neste âmbito, a presente Escola de Verão destina-se aos interessados em desenvolver os conhecimentos sobre Ação Humanitária, com frequência de licenciatura ou mestrado em qualquer área de estudos, bem como a profissionais que pretendam adquirir conhecimento dos aspetos fundamentais neste domínio.

Requisitos:

Para a candidatura:

  • Ser finalista ou detentor de licenciatura ou ser/ter sido aluno de licenciatura, em qualquer área

Ao longo do programa:

  • Participação na discussão de tópicos em aula
  • Preparação de materiais e realização de leituras antes das sessões

Critérios de seleção:

Serão selecionados os candidatos que cumpram os requisitos de candidatura.

Os candidatos serão avaliados à medida que as candidaturas completas são recebidas, fechando-se as candidaturas quando o número total de vagas for preenchido ou quando terminar o prazo de candidaturas (das duas opções, a que ocorrer primeiro).

Os candidatos que cumpram os requisitos de acesso e não sejam admitidos por falta de vagas ficam com o estatuto de suplentes, podendo ingressar no programa em caso de não inscrição dos candidatos admitidos, para o ano letivo a que se reporta a candidatura.

Língua de ensino: Inglês

Estrutura:

Número de vagas: 26

Candidaturas: para se candidatar carregue aqui.

As candidaturas estão abertas de 8 de Fevereiro a 7 de Junho de 2019.

Os candidatos serão avaliados à medida que as candidaturas completas são recebidas, fechando-se as candidaturas quando o número total de vagas for preenchido ou quando terminar o prazo de candidaturas (das duas opções, a que ocorrer primeiro).

Propina: a anunciar brevemente

Diploma obtido: aos estudantes que concluam com sucesso esta Escola de Verão, será atribuído um Diploma de Estudos Especializados em Ação Humanitária. Este diploma corresponde a 6 créditos ECTS.